Judeus e Cristãos

A Declaração “Nostra Aetate” (outubro de 1965) é o documento oficial que permitiu ao mundo católico, por um lado, refletir sobre sua própria história e identidade e, por outro lado, repensar sua relação com o judaísmo e com o povo judeu.
Saiba mais

Israel, povo santo

Ao usar a expressão “povo santo”, o Deuteronômio enfatiza a situação única de Israel, uma nação introduzida no domínio do sagrado, tendo se tornado a posse especial de Deus e o objeto de sua proteção especial. 
Leia mais sobre o judaísmo

Jesus e o povo judeu

É sobretudo em virtude de sua origem histórica que a comunidade cristã descobre suas ligações
com o povo judeu. De fato, a pessoa em quem põe sua fé, Jesus de Nazaré, é ele mesmo um filho desse povo. 

Jesus e o povo judeu

O Institudo tem por finalidade a aplicação das recomendações e desenvolvimento da Declaração Nostra Aetate sobre a relação entre a Igreja e o Povo Judeu. Essa atividade de estudo e experiência de Igreja em contato com o povo judeu em sua própria Terra, permite-nos uma abordagem nova sobre certas questões teológicas e ajuda-nos melhor entender Jesus, o Novo Testamento e a Igreja.